BAO & Energia escura

O Universo está se expandindo neste momento, e está fazendo isso em uma taxa acelerada, a origem desse comportamento ainda não sendo totalmente compreendido. O projeto BINGO trata de restringir os valores da taxa de aceleração, medindo o tamanho das oscilações acústicas de bárions (BAO, sigla em inglês a partir de Baryon Acoustic Oscillations) ao longo do tempo, usando uma nova técnica chamada mapeamento de intensidade.

Em uma linguagem mais técnica, o objetivo é medir o espectro de potência da distribuição espacial da risca dos 21 cm. As diferenças da escala angular, medidas pela distribuição de matéria a um dado z, ajudam a restringir os parâmetros do modelo do Universo.

O BINGO tem sinergias com outros projetos relacionados com a medição das BAO, e que são baseados no estudo da distribuição de galáxias detectadas na banda do óptico e do infravermelho do espectro electromagnético. O BINGO operará em outra banda, em concreto na banda do rádio, sendo o principal objetivo a detecção do hidrogênio atômico, o elemento mais abundante do Universo e, portanto, um excelente rastreador de matéria.

BINGO em suma

  • o seu principal objectivo é medir BAO com uma precisão de 2%
  • poderá detectar Fast Radio Bursts a uma taxa de 1 / semana
  • é um precursor do SKA em termos de mapeamento de intensidade do hidrogênio atómico
  • é complementar aos projetos CHIME e Tianlai
  • localizado em
  • liderado por um consórcio internacional:
  • a construção começará em 2017 e entrará em operações em 2019